'Quero correr ano-luz dessa confusão', diz ACM Neto sobre a crise PSL-Bolsonaro


O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), disse, nesta sexta-feira (18), que quer manter distância do presidente Jair Bolsonaro e o seu partido, o PSL. O Bahia Notícias já tinha noticiado que os democratas querem se afastar da confusão para evitar serem contaminados pelo caso

"Essa confusão é do PSL e dos seus membros. Essa confusão é do PSL como governo, com o presidente. Eu não tenho nada a ver com isso. Quero distância dela. quero correr ano-luz dessa confusão ai", declarou ACM Neto, durante ordem de serviço para inicio das obras para Museu da Música Brasileira.


O presidente nacional do PSL, Luciano Bivar e Bolsonaro, estão há mais de uma semana em atrito, depois de o presidente afirmar que o colega de partido está "queimado pra caramba". Bivar também foi alvo de operação da Polícia Federal que investiga suposto esquema de candidaturas laranjas.





Fonte: Bahia Notícias