top of page

Escola municipal do bairro Tabuleiro apresenta resultados do projeto de incentivo à leitura



O colorido dos personagens dos contos infantis encheu de alegria a culminância do projeto “Vem que eu te conto um conto”, realizado pela Escola Municipal de Educação Infantil Jandira Borges, localizada no bairro Tabuleiro, em Juazeiro. A ação aconteceu neste sábado (26) e teve o objetivo de apresentar aos pais dos alunos todo o trabalho de incentivo a leitura desenvolvido com as crianças, e a todas a produções realizadas durante o tempo de duração do projeto.


Na ocasião, caracterizados, os alunos dramatizaram diversas histórias infantis, como “O mágico de Oz”, “Branca de Neve e os sete anões” e “Os três porquinhos”, e chamaram a atenção do público que assistiu atento e registrando cada momento dos pequenos.


“Esse é um projeto de leitura que já acontece há cerca de 14 anos nas unidades em que trabalhamos e o objetivo é incentivar a leitura e o conhecimento deles sobre os contos, saberem que existem várias literaturas. Já tivemos a oportunidade de trabalhar com os clássicos, fábulas e os bíblicos”, explicou a coordenadora pedagógica da escola, Célia Maria Campos.


Ao final da programação, cada responsável pôde levar para casa todas as atividades realizadas pela criança, dentro do projeto “Vem que eu te conto um conto”. Dulcineide dos Santos é mãe de Lucca Pietro, aluno do Infantil 4 e avaliou positivamente o evento. “Achei um momento muito incrível, educativo. A gente pode prestigiar as atividades que eles realizaram, a forma como trabalham com os professores, como se desenvolvem e isso é muito bom”, contou a mãe.


Já Izalete Mendes, mãe do pequeno Alef Davi, da turma infantil 5, destacou a importância da parceria família/escola. “É muito importante tanto para nós pais, quanto para a Secretaria de Educação, ter esses momentos juntos, escola e família”, contou a mãe.


Continuidade


O evento também será realizado, em outro momento, na Escola Municipal de Educação Infantil Maria Suley Medrado Araújo, localizada na mesma comunidade.



Com informações de Ascom/Seduc/PMJ

bottom of page