Copa do Nordeste: Atlético de Alagoinhas vira diante do Bahia, Ceará e Fortaleza ficam no empate



Com “Clássico-Rei” e Atlético de Alagoinhas x Bahia, a Copa do Nordeste 2022 teve uma rodada emocionante, neste sábado (5). Ceará e Fortaleza fizeram um jogo forte, com confusão e expulsões, mas terminou empatado. Já entre os dois times baianos, o Atlético levou a melhor e derrotou o Bahia por 2 a1. A rodada ainda teve Sampaio Corrêa 0x1 Náutico.


De virada, Atlético vence o Bahia no Carneirão


Aos 15 minutos do primeiro tempo o esquadrão abriu o placar. Com passe de Marcelo Cirino, Raí Nascimento complementou chutando no gol. Após dividida com Ignácio Oliveira, o árbitro expulsou o volante do Carcará, Lucas, aos 37. Com 45 minutos de jogo, o Atlético empatou depois de uma jogada ensaiada de falta. Gabriel Esteves recebeu a bola e chutou para o gol. A bola bateu na trave e Iran acabou pegando o rebote e marcando para o Carcará.


O segundo tempo começou com a expulsão do lateral esquerdo tricolor Matheus Bahia. Aos 4 minutos, após um carrinho em Thiaguinho, Matheus leva o vermelho. Com 47 minutos, o Carcará virou o jogo com gol de Dionísio e fez a festa da torcida que esteva presente no Carneirão. Com esse resultado, o Atlético pulou para a segunda colocação do Grupo A. Já o Bahia perdeu duas posições e caiu para a terceira colocação do Grupo B.


O próximo jogo do Bahia será pelo Campeonato Baiano, na próxima quarta-feira (9), contra o Barcelona de Ilhéus, às 19h. Pela Copa do Nordeste, o Esquadrão volta a campo contra o Globo, no sábado (12), às 17h. Os dois jogos do Bahia serão na Arena Fonte Nova, em Salvador. Já o Atlético pega o UNIRB pelo Baianão, dia 9, em Alagoinhas. E pelo Nordestão, o Carcará vai até a Paraíba enfrentar o Botafogo, no dia 12, às 20h.


Na Arena Castelão, tudo igual no primeiro Clássico-Rei de 2022


Com 15 minutos de jogo, o colombiano Stiven Mendoza tentou cruzar na área, a bola passou por todo mundo e o goleiro do Fortaleza Fernando Miguel falha e vê a rede balançando. Moisés Vieira empatou o jogo, aos 35 minutos. Na hora da comemoração os jogadores dos dois times se estranharam e a confusão tomou conta do jogo. Um jogador de cada lado foi expulso: Romarinho para o lado do Leão e Cléber do Vozão. Os dois técnicos realizaram mudanças no segundo, mas o placar não foi alterado.