Contos, mitos e lendas fazem parte da programação escolar na rede municipal de Juazeiro



Com tema “Lendas do Velho Chico: Um Rio de Mistérios e Encantos”, a Escola Municipal de Educação Infantil Maria Júlia Rodrigues Tanuri, promoveu na manhã desta quinta-feira (01), uma ação de valorização das tradições, cultura e lendas regionais. A iniciativa faz parte de uma culminância entre o projeto pedagógico municipal, e o projeto "Lápis na Mão", realizado pela TV São Francisco, em parceria com a Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc).


A programação foi composta por muita ludicidade, música, dança e histórias interativas sobre as lendas que compõem as tradições de Juazeiro, como Vapor Fantasma, Nego D'água, Nossa Senhora da Rapadura, Minhocão, Mãe d'água, Serpente da Ilha do Fogo, Carranca, Sereia Iara, Índia Irati, entre outras, foram algumas das atrações apresentadas pelos alunos da instituição de ensino.


Uma forma de incentivar a participação dos pequenos e valorizar o aprendizado das tradições locais estampou nos rostos, a felicidade de ter uma aula lúdica, enriquecendo o aprendizado das crianças.


Na ocasião também houve exposição de atividades elaboradas pelos alunos retratando as lendas locais, jogos com personagens das tradições populares, decoração com referências ao rio São Francisco, barqueiros e lavadeiras, entre vários outros artifícios lúdicos e alusivos às temáticas folclóricas.

“As lendas de Juazeiro têm esse encontro de tradições com o rio São Francisco, incentivando as nossas crianças a soltarem suas imaginações e explorarem o mundo de descobertas. Compartilhamos este momento enriquecedor e agradecemos o apoio recebido da Prefeitura Municipal de Juazeiro, Seduc, para continuarmos no caminho e na missão de bem servir a todos os envolvidos neste processo educacional”, comentou Marília Nascimento, coordenadora pedagógica da EMEI Maria Júlia.


A coordenadora destacou ainda, que as lendas do Velho Chico são trabalhadas de acordo com seu papel pedagógico social, cumprindo o objetivo de apresentar nossa cultura popular e ribeirinha, e atuando como ferramenta de preservação ambiental, de conscientização, proteção e respeito à natureza.


Vestida com trajes que relembrava a Sereia Iara, Heloise, aluna do 5° ano B infantil, falou sobre sua satisfação em participar da atividade. “Estou muito feliz. Aprendi sobre as lendas que cuidam do nosso rio e da natureza”, falou a pequena.






Com informações de Ascom/Seduc/PMJ