Consulta por “dinheiro esquecido” em bancos já pode ser feita em novo site do BC nesta segunda (14)

Bancos terão até 12 dias úteis após o pedido de transferência para depositar valores na conta bancária dos clientes. Veja como consultar e solicitar o saque


O Banco Central liberou a partir desta segunda-feira (14) a consulta pelo novo site oficial do Sistema Valores a Receber, pelo qual qualquer cidadão brasileiro incluso no sistema bancário poderá identificar e resgatar o dinheiro esquecido no banco. Será preciso informar o número do CPF ou do CNPJ, no caso de pessoas jurídicas.


Os usuários poderão identificar as contas com resíduos financeiros e a data em que deverão retornar ao site para pedir o valor. E, a partir de 7 de março, será possível saber a dia certo para o resgate e solicitar a transferência bancária.


Ainda de acordo com o Banco Central, os bancos terão até 12 dias úteis após o pedido de transferência para depositar o dinheiro na conta bancária.


Quem tem direito ao dinheiro?

Atualmente, cerca de 28 milhões de pessoas físicas e jurídicas têm dinheiro para resgatar nessa primeira etapa de devolução de valores. O SVR deve devolver até R$ 8 bilhões para pessoas e empresas que encerraram contas-correntes ou poupanças com saldo disponível, desde 2001.



Como sacar valores esquecidos no banco?

Para solicitar a transferência do dinheiro, o sistema exigirá que o interessado possua login na plataforma gov.br com nível de segurança prata ou ouro.


O governo disponibiliza três níveis diferentes de segurança: bronze, prata ou ouro. Todos dão acesso aos serviços digitais do governo, mas os dois últimos permitem utilizar serviços públicos que exigem maior grau de segurança.


Saiba como solicitar dinheiro esquecido no banco:


1) Consulte se possui valores a receber

Acesse o site valoresareceber.bcb.gov.br. Informe seu CPF ou CNPJ. Se houver valores a receber, o sistema informará uma data para que retorne ao site e solicite o dinheiro disponível, a partir de 7 de março.


2) Se tiver dinheiro esquecido nos bancos, verifique seu cadastro Gov.br

A data será automaticamente gerada pelo sistema, segundo o BC. Ou seja, não será possível escolhê-la. Se você ainda não tiver login Gov.br, faça seu cadastro gratuito no site ou pelo App Gov.br (Google Play e App Store).


Será exigido um cadastro Gov.br nível prata ou ouro para solicitar os recursos. Não será possível acessar o sistema com login Registrato. Crie ou atualize seu login.


Clique em https://acesso.gov.br e insira seu CPF; também é possível realizar esse passo baixando o aplicativo do sistema gov.br em celulares com sistema operacional Android e iOS. Selecione as opções de Termo de Uso, Não sou robô e clique no botão Continuar.


Como aumentar o nível de segurança da conta:


Logue em sua conta no portal gov.br com seu CPF e senha cadastrada. No menu em lista, clique na opção "Privacidade" e, em seguida, em "Gerenciar lista de selos de confiabilidade"


Na página de autorização de uso de dados pessoais, clique em "Autorizar". Na página aberta, aparecerá o nível de segurança atual de sua conta. A maioria das contas são criadas com nível bronze.


A página exibirá a lista de opções para "adquirir novas confiabilidades do gov.br", ou seja, aumentar a segurança da sua conta. Algumas alternativas, como a validação facial pelo Denatran para obter nível prata exigem que o usuário tenha cadastrado a biometria em outras bases de dados do governo. Quem possui conta em banco pode adquirir o nível prata por meio do cadastro validado via internet banking. Dessa forma, a plataforma do governo confirmará seus dados pelo login na instituição financeira



3) Descubra quanto você tem e peça a transferência do dinheiro na data agendada

Na data agendada no sistema do Banco Central, acesse novamente o site valoresareceber.bcb.gov.br; se essa data não for respeitada, será necessário fazer um novo agendamento no próprio site. Será necessário logar no SVR com sua conta gov.br nível prata ou ouro. Acesse o sistema, descubra o valor disponível e solicite a transferência.


4) Receba o dinheiro

O dinheiro deve ser depositado via Pix, TED ou DOC pelo banco em até 12 dias úteis. Ou seja, quem solicitar a transferência no dia 7 de março deve receber até o dia 22 do mesmo mês.



Redação Cartaz da Cidade

Informações Agência Brasil

Comente e compartilhe!