Começa hoje (17) o pagamento do Auxílio Brasil; confira como baixar o aplicativo


Imagem: Divulgação Auxílio Brasil

Começa hoje (17) o pagamento do Auxílio Brasil, programa de transferência de renda. Segundo a Caixa Econômica Federal, quem recebia o Bolsa Família, na prática, não precisará baixar o aplicativo do Auxílio Brasil porque a transição é automática, deve apenas atualizar o sistema. Nesta quarta-feira, o governo federal paga aos beneficiários cujo cartão NIS tem final 1.


Para identificar o aplicativo correto, o usuário deve verificar se ele é um produto da Caixa Econômica e comparar a visualização oficial do banco. De acordo com a Caixa, o aplicativo está disponível na Play Store e na Apple Store. Quem já tinha o app do Bolsa deve apenas atualizá-lo para a nova versão, na loja eletrônica de aplicativos do celular.


As famílias também podem verificar a situação pelo Atendimento Caixa ao Cidadão, pelo telefone 111. Outra opção são as agências da Caixa, que voltam ao horário normal de funcionamento no dia 23 de novembro.


Como verificar?

Ao baixar o aplicativo, foi disponibilizado para consulta Play Store e na Apple Store, é possível checar o saldo e saber se o usuário está inscrito no programa.


De acordo com a Caixa, o aplicativo está disponível na Play Store e na Apple Store. Foto: Reprodução / App Auxílio Brasil.

Após Acessar, o usuário pode fazer um novo cadastro com o número de CPF e NIS. Caso já tenha login e senha de acesso no Caixa Tem ou Bolsa Família, é possível consultar saldo e informações para o novo programa.

Para acessar, basta ter em mãos os dados do app Caixa Tem ou do Bolsa Família. Foto: Reprodução / App Auxílio Brasil.

Para verificar se vai receber e qual será o valor, o beneficiário deve ter em mãos o número do CPF ou do NIS (Número de Identificação Social). No caso do Caixa Tem, se a pessoa já tem cadastro, basta acessar o aplicativo com o número do CPF e senha.


Acesse o aplicativo com o número do CPF e senha;

Na tela inicial, selecione a opção ‘Bolsa Família;

O atendimento automático vai localizar o benefício por meio do CPF ou NIS informados no cadastro.

A expectativa é que o governo federal libere a consulta, por meio do antigo aplicativo do Bolsa Família ou pelo telefone 121, do Ministério da Cidadania nesta semana.


Com informações da Agência Brasil

Comente e Compartilhe!