Com saída do goleiro Fábio, Ronaldo enfrenta seu primeiro desgaste com a torcida do Cruzeiro



Na última quarta-feira (5), o goleiro Fábio Lopes anunciou, em suas redes sociais, sua saída do Cruzeiro. O goleiro de 41 anos, que estava há 17 anos no clube foi desligado por questões financeiras. O atual dono do Cruzeiro, o ex-jogador Ronaldo Fenômeno adota uma gestão de redução de custos para equilibrar as dívidas do time mineiro. Essa mesma estratégia é realizada em seu outro time, o Real Valladolid, da Espanha.


A maioria dos torcedores cruzeirenses não aprovaram o desligamento de Fábio. Com comentários pedindo “respeito com o maior ídolo da nossa história” e dizendo que “Fábio é ídolo, você [Ronaldo] não”, a torcida lotou as postagens do ex-camisa 9 da Seleção Brasileira, em uma rede social. Ronaldo anda sumido por conta que, no dia 2, testou positivo para Covid-19, e assim, não teve como comparecer nos eventos de comemoração de 101 anos do time mineiro.


Na quinta-feira (6), a torcida esteve na frente do Centro de Treinamento do clube realizando um protesto contra a saída do jogador. Fábio vestiu a camisa do Cruzeiro por 976 jogos e agradeceu o carinho da torcida. “Gratidão Cruzeiro Esporte Clube e Nação Azul, vocês serão eternos na minha”.