Chuvas no Rio de Janeiro: sobe para 18 o número de mortos pelos temporais

Os bombeiros ainda buscam cinco desaparecidos no sul do Estado, quatro em Angra dos Reis e um em Paraty

Foto: Reprodução/Prefeitura de Angra dos Reis

Os temporais que atingiram o Rio de Janeiro na semana passada já causaram a morte de 18 pessoas, incluindo crianças e adolescentes, entre quinta-feira, 31, e sábado, 2, em todo o Estado. Em Angra dos Reis, na região da Costa Verde, mais dois corpos foram localizados nos escombros pelo Corpo de Bombeiros na madrugada de hoje (4). O número de vítimas fatais no município subiu para dez, de acordo com a Defesa Civil.


Os bombeiros ainda buscam cinco desaparecidos no sul do Estado, quatro em Angra dos Reis e um em Paraty. Um menino resgatado com vida pelo Corpo de Bombeiros na cidade foi internado em estado gravíssimo no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, na Baixada. De acordo com a prefeitura de Duque de Caxias, o garoto respira com a ajuda de ventilação mecânica no Centro de Tratamento Pediátrico.


Angra acumulou 655 mm de chuva em apenas 48 horas, de acordo com a prefeitura, sendo a maior chuva da cidade.


Na Ilha Grande, as buscas se concentram na Praia de Itaguaçu, que foi totalmente soterrada.


Com informações Agência Brasil