Chega a 121 o número de mortos pelas chuvas no Recife; Bombeiros juazeirenses auxiliam nos resgates


Mais de 6 mil pessoas estão desabrigadas, segundo a Defesa Civil

O número de mortos pelas chuvas de Pernambuco subiu para 121, de acordo com balanço divulgado nesta quarta-feira (01) pela Secretaria de Defesa Social do estado. Na data, mais cinco vítimas fatais foram localizados em meio aos deslizamentos de barreiras. Fizeram parte da ação para localizar as vítimas 12 agentes do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, enviados para auxiliar nos resgates. A equipe conta com profissionais do 9º Grupamento de Bombeiros da Policia Militar de Juazeiro - 9ºGBM, norte da Bahia. Mais de 6 mil pessoas estão desabrigadas, segundo a Defesa Civil.


Também estão na equipe baiana enviada ao local especialistas em Busca e Resgate de Estruturas Colapsadas (Brec) e mergulhadores autônomos. Os Bombeiros da Bahia começaram a atuar na segunda-feira (30) em uma das áreas atingidas pelos temporais.


O Corpo de Bombeiros localizou mais cinco vítimas. Duas pessoas foram encontradas na Vila dos Milagres, no Recife, duas em Jaboatão dos Guararapes e uma na cidade de Limoeiro, no Agreste.


A chuva forte causou mortes e danos principalmente na Região Metropolitana de Recife, mas também atingiu o leste de Alagoas e cidades de Sergipe e Paraíba.


O plano de contingência da prefeitura de Recife foi acionado na sexta-feira (27), quando a Apac (Agência Pernambucana de Águas e Clima) emitiu um comunicado informando a previsão de chuva intensa para o final de semana.


O Estado publicou um decreto de situação de emergência publicado que permite que os municípios solicitem recursos do Sistema Nacional de Defesa Civil. Os municípios em emergência em Pernambuco são: Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, São José da Coroa Grande, Moreno, Nazaré da Mata, Macaparana, Cabo de Santo Agostinho, São Vicente Férrer, Paudalho, Paulista, Goiana, Timbaúba e Camaragibe.


Na segunda-feira (30), o presidente Jair Bolsonaro (PL) esteve em Recife junto com comitiva de ministros e anunciou R$ 500 milhões de ajuda à região. Bolsonaro aproveitou o evento para criticar adversários políticos.


Brasil


Em 5 meses, as mortes causadas pelas chuvas já superam o total de óbitos de todo o ano passado. Até esta quarta-feira (01), 457 pessoas perderam suas vidas em desastres por excesso de chuva no Brasil em 2022.


Da Redação - Layla Shasta com informações da Band.