Casos de dengue no Brasil aumentam 95% em relação ao ano passado


Foto: Reprodução

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde, foram registrados quase 400 mil casos prováveis de dengue no Brasil, ou seja, 184 casos para cada 100 mil habitantes. Isso representa um aumento de 95% em relação ao mesmo período do ano passado.


Segundo a vice-presidente do Conselho Federal de Medicina, Rosylane Rocha, dois fatores podem explicar esse aumento considerável: a maior incidência em períodos de chuva e calor e com isso, o favorecimento do acúmulo de água; e o maior número de pessoas buscando atendimento médico na pandemia, aumentando os registros oficiais, já que os sintomas das duas doenças são semelhantes.


A região Centro-Oeste apresenta taxa superior a 700 casos de dengue por 100 mil habitantes, muito acima da média nacional. O boletim do Ministério da Saúde aponta que, até o momento, foi confirmada a morte de 112 pessoas e 280 casos graves da doença no país. Os registros têm maior número em São Paulo, Goiás, Bahia, Santa Catarina e Minas Gerais, respectivamente. Outras 170 mortes ainda são investigadas como possíveis casos de dengue.


A Secretaria de Saúde de Petrolina orienta que os moradores aproveitem o feriado para fazer uma vistoria nos quintais para eliminar qualquer recipiente que sirva de criadouro para o Aedes aegypti. As medidas para o controle da transmissão das doenças devem ser permanentes. Entre elas estão: manter recipientes fechados com tampas; as garrafas devem ser armazenadas com a boca para baixo; pneus e caixas d’água devem ser mantidos sempre cobertos; evitar o acúmulo de lixo; e trocar a água dos vasos de planta. Além disso, também é necessário ter atenção aos ralos domésticos, ambientes com água limpa e propícias para reprodução do inseto.





Informações: Agência Brasil / Ascom PMP / (t)