Cantora e compositora juazeirense Reginna Lima lança sua nova música: “Superar esse Amor”



Lançando sua nova música, “Superar esse Amor”, a cantora e compositora juazeirense, Reginna Lima, de 24 anos, comenta em entrevista para o Cartaz da Cidade sobre sua carreira, as referências, os planos para 2022 e a forma que ela encontrou para divulgar seus trabalhos na internet. A jovem artista trás a temática do empoderamento das mulheres em suas músicas.

Cercada de familiares ligados a música, como Carlos Lima, Cida e Joazinho Maravilha, a cantora comenta que sempre gostou do meio artístico. “Comecei a cantar desde pequena na igreja, com música evangélica, e com 12 anos gravei um CD Gospel. Acabei parando, por conta que a vida adulta começou a cobrar responsabilidades. Faz dois anos, que voltei a compor e cantar, pois isso é meu sonho e vou atrás para conseguir”, comentou.



A artista, que traz Marília Mendonça, falecida em 5 de novembro de 202, em um acidente aéreo, e Anitta como referências para seus trabalhos, se apresenta em bares e festivais pela região. “Elas duas tem estilos musicais bem diferentes. Anitta entende muito de marketing e ela é dona de si, e é isso que pretendo passar com minhas músicas, e Marília por suas letras e empoderamento”, explicou.


Reginna divulga seus trabalhos postando vídeos cantando em suas redes sociais e mandando textos para os veículos da imprensa. Sobre a letra da música “Superar esse Amor”, a cantora comenta que “é sobre uma mulher que sofreu em um relacionamento abusivo, e quando ela viu que não era aquilo que queria, conseguiu dar a volta por cima”, e concluiu, “como diz a música ‘agora estou vivendo, outro amor, o amor próprio me pegou’. É sobre nós mulheres nos amarmos e nos empoderar".