Paralisação: Caminhoneiros ainda ocupam estradas federais nesta quinta-feira (09)



Seguindo com as manifestações que tem acontecido em todo o país desde terça-feira (07), caminhoneiros que são apoiadores do governo do Presidente Jair Bolsonaro, e que são contra a postura de alguns ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), estão promovendo manifestações e bloqueando rodovias em todo o país, desde a noite desta quarta-feira (8).


Nas redes sociais circulam diversos vídeos, onde é possível ver os caminhoneiros realizando bloqueios nas rodovias. Os manifestantes tem permitido apenas a passagem de carros pequenos, veículos de emergência e cargas de alimentos perecíveis.


Bolsonaro divulgou um áudio, onde pede para que os motoristas façam a liberação das estradas, e diz que “esses bloqueios atrapalham a nossa economia”.



Em um vídeo publicado nas redes sociais, Tarcísio Gomes de Freitas, ministro da Infraestrutura, confirma posição do presidente e afirma que o bloqueio iria agravar a crise econômica.



A Policia Rodoviária Federal divulgou um documento, onde mostra os principais pontos de bloqueio identificados em todo o país. Na cidade de Feira de Santana (BA), o bloqueio foi realizado na noite desta quarta-feira (08), quando manifestantes colocam fogo em pneus.



A redação do Cartaz entrou em contato com Márcio Henrique, que é motorista e caminhoneiro, natural de Juazeiro para saber as diretrizes do movimento. Em um vídeo enviado, Márcio falou sobre as reivindicações dos caminhoneiros.



O presidente vai se reunir nesta quinta (09), com representantes de um grupo de caminhoneiros. O encontro será no Palácio do Planalto e contará ainda com a participação do Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, que está à frente das conversas com os caminhoneiros desde quarta.



Da Redação - Caíque Lima com informações do G1

Comente e Compartilhe!