Caminhoneiros anunciam greve no próximo domingo (25) para cobrar promessas do Governo Federal


A paralisação tem as mesmas pautas da greve do início do ano


Caminhoneiros anunciaram a possibilidade de greve neste final de semana. Diante dos altos preços da gasolina, os motoristas confirmam paralisação nacional no próximo domingo (25). A iniciativa tem como objetivo questionar o presidente Jair Bolsonaro sob as promessas não cumpridas para a categoria, de acordo com informações Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas (CNTRC).


O clima entre os caminhoneiros e o Governo Federal vem se revelando instável há meses, desde o mês de fevereiro quando a classe anunciou uma tentativa de greve, contida pelo Governo Federal sob promessas de melhorias.


Sobre o preço da gasolina, Bolsonaro sempre enfatizou a responsabilidade dos governadores que aumentaram o valor das taxações estaduais.


O Governo Federal lançou em maio deste ano, Programa Gigantes do Asfalto, voltado para o setor de transporte de cargas. Entre as facilidades, estão a oferta de linhas de crédito especiais para a categoria adquirir caminhões ou fazer manutenções, previsibilidade no preço do óleo diesel e mais agilidade na vacinação dos caminhoneiros contra o Covid 19.


Outras Reivindicações


Entre os pedidos da classe, além da solicitação na redução do preço da gasolina, comercializada atualmente por mais de R$ 6,0 o litro, a categoria pede o fim do pagamento de pedágios para transportes sem carga e a efetivação do piso mínimo da categoria.


Da Redação

Comente e Compartilhe!