Câmara de Civil do Crea-BA realiza reunião itinerante em Juazeiro



Evento será realizado entre os dias 26 e 29 de outubro e conta com palestras institucionais e visitas técnicas

A primeira reunião itinerante de 2022 da Câmara Especializada de Engenharia Civil do Crea-BA será realizada no município de Juazeiro, entre os dias 26 e 29 de outubro. O encontro, previsto no plano de ação do colegiado, tem o objetivo de ampliar suas atividades, além de buscar maior integração com a comunidade acadêmica, órgãos públicos, empresas e profissionais da região. Na ocasião, os conselheiros juntamente aos fiscais terão encontro na inspetoria da cidade para colocar em pauta a atuação do Conselho no município.

Na oportunidade, a Câmara Especializada realizará visitas técnicas à Eclusa de Sobradinho e às instalações na vinícola Miolo. Também está prevista na programação uma reunião com as Secretarias de Desenvolvimento Urbano, de Meio Ambiente e de Ordenamento Urbano, bem como uma palestra institucional sobre inspeção predial, que será promovida na Universidade Federal do Vale do São Francisco para os alunos e professores da Univasf e de outras instituições como Unibras e Anhanguera.

Para o coordenador da câmara, eng. civil Diógenes Senna, o evento é fundamental para aproximar a Câmara e o Crea dos profissionais e empresas da região. “A reunião itinerante é importante tanto para os profissionais quanto para os conselheiros, pois permite conhecer as necessidades específicas daquela região, além de poder desmistificar conceitos sobre atribuição e formação profissional e mostrar as ações fiscalizatórias do Conselho na região de Juazeiro”, destacou.

Segundo Senna, além de aproximar o Conselho da sociedade, a reunião tem um importante papel de conhecer as demandas do município. “A partir desse encontro, a sociedade local será positivamente afetada, pois permitirá o entendimento do papel do Crea em garantir a defesa da sociedade contra o exercício ilegal da profissão, bem como entender quais as atividades são extremamente importantes para atuação fiscalizatória do Conselho”, finaliza.

Comunicação Crea-BA