Brasil x Argentina: partida encerrada pelo técnico da ANVISA deve ser remarcada



O Comitê Disciplinar da Federação Internacional de Futebol (FIFA) decidiu que a partida entre Brasil e Argentina, válida pelas eliminatórias da Copa do Mundo 2022, que foi suspensa após quatro jogadores argentinos furarem a quarentena imposta pelo governo devido à Covid-19 deverá ser remarcada. O episódio aconteceu dia 5 de setembro de 2021, na Neo Química Arena "Itaquerão", em São Paulo.


Minutos após o início do jogo, agentes da Polícia Federal (PF) interromperam a partida a pedido da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que alegou que os jogadores Emiliano Buendía, Emiliano Martínez, Giovani Lo Celso e Cristian Romero furaram uma quarentena obrigatória para entrar no Brasil.


Além da remarcação, a federação internacional aplicou multa à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e à Associação de Futebol Argentina (AFA) e suspendeu os jogadores argentinos envolvidos no caso. Ainda não há nova data e horário para o confronto. Os quatro jogadores envolvidos no ocorrido foram suspensos por dois jogos cada um por “desobedecer aos protocolos de retorno do futebol internacional da Fifa”.




Da Redação Cartaz da Cidade

Com informações CNN

Comente e Compartilhe