Bolsonaro descola de Lula no Sudeste e freia diferença no Nordeste, segundo Datafolha



Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta (19) indica que Jair Bolsonaro (PL) descolou de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no Sudeste, região mais populosa do país onde os dois adversários vinham registrando empate técnico.


A distância entre eles ali passou de 4 para 7 pontos percentuais na última semana, ficando fora da margem de erro, que é de três pontos percentuais nesse grupo. O presidente agora tem 50%, e o petista, 43%.


O atual mandatário também freou a expansão do adversário no Nordeste, que abriga o segundo maior eleitorado, mas continua muito atrás na região. Lula flutuou de 68% para 67%, e Bolsonaro, de 27% para 29%, com margem de erro de quatro pontos.


Nas demais regiões as variações foram menores. O presidente segue liderando no Sul e no Centro-Oeste, com 17 e 14 pontos percentuais de vantagem, respectivamente. No Norte, ambos empatam tecnicamente, com 50% do mandatário a 46% do petista.

O levantamento, que ouviu 2.912 pessoas entre esta terça (17) e esta quinta em 181 municípios, com um nível de confiança de 95%, foi contratado pela Folha de S.Paulo e pela TV Globo e está registrado na Justiça Eleitoral sob o número BR-07340/2022.


No Brasil, 43% do eleitorado está no Sudeste, 27% no Nordeste, 14% no Sul, 8% no Norte e 7% no Centro-Oeste, segundo o Datafolha. As pesquisas eleitorais são um retrato da intenção dos eleitores no momento em que as entrevistas são feitas, e não uma projeção do resultado eleitoral, que só será conhecido no dia do pleito, com a apuração oficial.





Com informacões de Politica Livre