Bolsonaristas baianos reagem às manifestações da Independência e falam em “proteção da liberdade”



Quatro das maiores lideranças políticas bolsonaristas da Bahia comentaram sobre os atos de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PL) que aconteceram em todo o Brasil na última quarta-feira, dia 7, data que marcou o Bicentenário da Independência. As lideranças contataram o site Politica Livre de Raul Monteiro para falar sobre o cenário político.


A candidata ao Senado Federal na chapa João Roma (PL), Raissa Soares, que participou das manifestações em Salvador e Feira de Santana, afirmou que foi dado um “verdadeiro grito em defesa da liberdade, tão atacada nos últimos anos por gente com ganância de poder”. Raissa, que é médica e ganhou notoriedade no meio bolsonarista por se manifestar a favor do tratamento precoce, afirmou que os atos na Bahia ficarão para a história. “A nossa liberdade vale mais do que a nossa própria vida. Ela não tem preço. Ela é inegociável. Sem ela não temos absolutamente nada. Sem dúvidas, o que vimos ontem em nosso estado, ficará marcado em sua história”, afirmou a médica.


Deputado estadual e postulante a uma vaga na Câmara este ano, o deputado estadual Capitão Alden (PL) disse que “os brasileiros não querem voltar atrás”, fazendo alusão à candidatura do ex-presidente Lula (PT) ao Palácio do Planalto.


“Foi histórico. Por todo o Brasil temos a mesma impressão de que os brasileiros não querem voltar atrás. Uma multidão de pessoas que foi para as ruas, obedecendo a uma convocação do presidente Jair Bolsonaro. Estamos vivendo a história da libertação do país das mãos daqueles que tentaram destruir a nossa nação. Apesar dos institutos e levantamentos mostrarem ao contrário, o DataPovo mostrou a realidade”, disse o Capitão.


Filiada ao Republicanos, partido que está na base de ACM Neto neste pleito, a deputada estadual Talita Oliveira já anunciou que caminhará com João Roma e Raissa Soares nestas eleições. Para ela, que também falou sobre o passaporte sanitário da Covid-19, os institutos de pesquisam não mostram a realidade da vontade do povo brasileiro.


“Uma piada ainda existir algum instituto de pesquisa sério que ignora as imagens vistas hoje em todo o Brasil. Piada dizer que Bolsonaro não está à frente das pesquisas diante do que foi visto neste 7 de Setembro. O povo foi às ruas pois não aguenta mais ter a sua liberdade cerceada e jamais se calará diante dos ataques dos últimos anos. Temos visto diversos ataques contra a nossa liberdade, inclusive durante a pandemia, com o absurdo Passaporte Sanitário, imposto por tiranos contra o nosso povo. O brilho da nossa força conservadora foi refletida no país inteiro. A nação está com Jair Bolsonaro na missão de reconstruir o país”, enfatizou Talita, outra que busca se eleger ao Congresso.


Vereador e candidato a deputado federal, Alexandre Aleluia (PL) foi mais um a falar sobre liberdade. Para o edil, as eleições deste ano refletem “um momento crucial” na política brasileira. “A história é construída por momentos cruciais liderados por pessoas. 200 anos depois temos o momento crucial de escolher o verdadeiro Brasil e ter como líder Jair Bolsonaro. É defender a nossa liberdade ou entregá-la de bandeja para o Foro de São Paulo”, completou.


Da Redação com informações do site Politica Livre.