top of page

Balanço: Prefeitura investe em serviços pioneiros de assistência social e anuncia novos projetos



Ao finalizar o segundo ano de governo, a gestão Suzana Ramos avalia os principais avanços na área social. De janeiro de 2021 a dezembro de 2022, muitas ações foram implementadas para o atendimento à população em situação de vulnerabilidade social e extrema pobreza, a fim de qualificar e ampliar os serviços oferecidos para esses usuários.


Atualmente, Juazeiro conta com 59.722 mil famílias incluídas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal e 39.216 mil recebem o Auxílio Brasil. Além de ampliar o número de usuários cadastrados, o CadÚnico também ganhou uma nova sede, com um espaço mais amplo, estrutura arrojada e acessibilidade. O acesso ao serviço também foi facilitado, com a implantação do agendamento online, a ampliação do horário de funcionamento e a descentralização do atendimento para as cinco unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), nos bairros Quidé, Itaberaba, Tabuleiro, João Paulo II e Malhada da Areia.


O CRAS também ganhou cara nova em três das suas cinco unidades. As sedes do Quidé e Itaberaba passaram a ocupar novas instalações, com espaços mais adequados para atender a população. Já a unidade do João Paulo II foi totalmente reformada e ampliada. “Entendemos que o CRAS é a principal porta de entrada para o acesso aos serviços de assistência social e as pessoas chegam, muitas vezes fragilizadas. Por isso, investimos na melhoria desses espaços, para acolher melhor a nossa comunidade”, conta a prefeita Suzana Ramos.


A atual gestão entregou, também, três casas adaptadas pelo Programa Transformar, a nova sede da Casa Messe de Amor e o Acolhimento Transformar, espaço dedicado a acolher pessoas em situação de rua. Outro equipamento totalmente requalificado foi o Restaurante Popular do bairro João Paulo II, que já está atendendo, diariamente, 400 pessoas com a entrega de refeições gratuitas. Todas as obras foram realizadas com recursos próprios do município.


Mulher e Diversidade


Ação pioneira da prefeita Suzana Ramos, Juazeiro criou a Casa da Mulher Rural para acolher as mulheres residentes no interior que precisam recorrer à sede do município para acessar serviços de saúde, assistência social ou previdência. “Eu sou uma mulher do campo e sempre vi a dificuldade de outras mulheres quando precisavam buscar atendimento de algum serviço na sede de Juazeiro. Muitas não conseguiam resolver suas demandas em apenas um dia e não tinham onde pernoitar, tomar um banho, fazer uma refeição. A Casa da Mulher Rural foi criada para oferecer esse acolhimento”, ressalta a gestora.


No intuito de promover a garantia do direito à união, o município realizou pela primeira vez o casamento coletivo, com a participação de 85 casais. Já na área da diversidade, a Prefeitura de Juazeiro criou o Ambulatório Trans, que, atualmente, acompanha 100 pacientes transexuais em hormonização assistida, e vem consolidando a realização da campanha ‘Maio da Diversidade’, ‘Virada ‘Sociocultural Desportiva LGBTQIAP+’, ‘Festival Integrado de Artes dos Povos Pretos’ e do Concurso Beleza Negra’, incluindo as ações no calendário de eventos municipais.


Vem por aí


A prefeita Suzana Ramos revela, ainda, que novos projetos estão em andamento para o próximo ano. “Em 2023 nós vamos fazer muito mais no social, como a construção do Restaurante Popular do bairro Piranga e do Centro de Convivência do Idoso, que já estão em processo licitatório, além de mais quatro casas adaptadas pelo programa Transformar e dos Centros Comunitários dos Residenciais do ‘Minha Casa, Minha Vida’, projetos que estão em obras e quase finalizados”, anuncia.


Ascom/PMJ.

bottom of page