APLB Sindicato Juazeiro afirmou que vai acionar o MP pedindo afastamento da secretária de educação



A direção da APLB Sindicato em Juazeiro divulgou nota informando que vai acionar o Ministério Público pedindo o afastamento imediato da secretária municipal de educação Normeide Carvalho. A decisão é com base na denúncia que veio a público encaminhada à imprensa local pelo vereador Alex Tanury (PP) com divulgação de áudios de uma suposta reunião para manipular o resultado dos recursos no Processo Seletivo Simplificado realizado pela SEDUC.


O Cartaz da Cidade noticiou o fato. Mais informações leia Vereador divulga áudio que supostamente indica manipulação de processo seletivo em Juazeiro.


O diretor da APLB Sindicato de Juazeiro, Gilmar Nery, pede afastamento imediato da secretária. “A APLB entende como ato gravíssimo e inadequado mostrando a própria secretária de educação manipulando um processo seletivo. Pedimos afastamento imediato dessa secretária. Já sabíamos que poderia acontecer algo dessa natureza pelo comportamento da secretária durante as negociações do reajuste dos trabalhadores em educação, com arrogância, prepotência e falta de diálogo. Agora chegamos ao ponto desse absurdo do governo Suzana Ramos, com corrupção institucionalizada. Vamos pedir todas as providências judiciais necessárias para essa secretária que não honra o cargo que ocupa”, afirma o diretor.


Nery ainda ressalta que vai acionar o Ministério Público para que a denúncia exposta pelo vereador seja investigada e as medidas tomadas diante da gravidade do que foi revelado. O diretor do órgão destacou que o sindicato por diversas vezes denunciou, "os desmandos do governo municipal que a todo momento trabalha para tirar os direitos dos trabalhadores em educação", disse na nota.


Da Redação com informações da Ascom-APLB.