Aos 81 anos morre Arnaldo Jabor, jornalista e cineasta



Arnaldo Jabor, conhecido pelas telas da televisão tanto como cineasta, diretor, crítico, comentarista e jornalista, morre aos 81 anos nesta terça-feira (15), em decorrência de um Acidente Vascular Cerebral -AVC. A última aparição de Jabor na TV foi em um comentário veiculado no dia 18 de novembro de 2021, sobre a interferência política no ENEM.

As várias produções como cineasta estão o filme “Toda nudez será castigada” (1973) e “Eu sei que vou te amar” (1980). Com suas obras cinematográficas ganhou diversos prêmios.


O jornalista Jabor era crítico e fazia análises em vários assuntos como política nacional e internacional, cinema, sexualidade, economia e preconceito. Várias personalidades enviaram condolências durante a madrugada dessa terça como Eduardo Paes (PSD), Natuza Nery, comentarista da GloboNews e diversos artistas e jornalistas.



Redação Cartaz da Cidade

Informações IstoÉ Dinheiro

Comente e Compartilhe!