Alunos da rede pública estadual e municipal de Juazeiro participam dos jogos escolares brasileiros



Com o objetivo de fomentar a prática de esporte com finalidade educativa, bem como contribuir para o desenvolvimento integral dos estudantes/atletas como ser social e democrático estimulando o pleno exercício da cidadania, os Jogos Escolares Brasileiros estão sendo realizados desde o dia 01 de novembro e vai até 15 de novembro de 2022, na cidade do Rio de Janeiro.


O território do Sertão do São Francisco estará representado por dezenas de alunos das seguintes Unidade Escolares Estaduais: Hildete Lomanto, Rui Barbosa e Rotary, e pelas escolas da rede municipal: Pontal, Dinorah Albernaz e 02 de Julho e Helena Celestino, que disputarão medalhas nas modalidades do Atletismo, Xadrez e Handebol, com o apoio do Núcleo Territorial de Educação – NTE 10 – da Secretaria Estadual de Educação em parceria com a Secretaria de Educação e Juventude (Seduc) de Juazeiro.


Segundo o articulador de educação física e esporte escolar, José Carlos Santana Silva, do Núcleo Territorial de Educação do Sertão do São Francisco – NTE 10, “as expectativas de conquistas de medalhas pelos alunos/atletas são as melhores possíveis, graças ao excelente nível técnico dos alunos, fruto do trabalho dos professores que atuam nas escolas participantes”, analisou. Já para a aluna/atleta Raissa Nunes da Silva, que competirá no xadrez, a competição é cenário para experiências com atletas com nícel mais alto. “É muito gratificante estar em uma competição de alto nível, pois eleva o nível técnico e é possível conhecer outros atletas e técnicos de outros estados”, afirmou.


As modalidades que serão disputadas nos Jogos Escolares Brasileiros – JEBs 2022 serão atletismo, atletismo adaptado (para pessoa com deficiência), badminton, ciclismo, ginástica artística, judô, karatê, natação, taekwondo, tênis de mesa, wrestling, xadrez, basquetebol, futsal, handebol, voleibol e vôlei de praia. Os alunos/atletas são da faixa etária de 12 a 14 anos, nos naipes masculino e feminino.


Com informações da Ascom / NTE-10.