Alta no preço dos combustíveis leva consumidores a utilizar gás natural veicular em Petrolina


Consumidores dizem que veículo tem um maior desempenho com gás natural que custa metade do preço da gasolina


O reajuste no preço dos combustíveis tem levado consumidores a buscarem outras alternativas em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. Cerca de 500 automóveis já foram convertidos para o uso do gás natural veicular (GNV).


A principal vantagem do gás natural em relação ao combustível é o preço. A economia pode chegar a 60%. O GNV que também é um subproduto do petróleo tem variação de acordo com a cotação internacional.


O preço do GNV em Pernambuco é o menor do Nordeste e um dos menores do país, segundo levantamentos da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis). Isso acontece em virtude de uma lei estadual de 2016, que reduziu o ICMS do gás veicular para 12%. Na maioria dos Estados, a alíquota é maior.


O Primeiro posto de combustíveis do Sertão com GNV (Gás Natural Veicular) foi inaugurado em dezembro de 2021 em Petrolina. O Posto fica localizado no distrito industrial do município. O preço do gás natural está praticamente metade do preço da gasolina custando R$ 3,96. Atualmente a gasolina custa R$8,20.


Essa economia fez com que o fisioterapeuta Danylo Ribeiro realizasse a conversão da gasolina e do álcool para a instalação do kit gás natural. Danilo explica que por estar sempre viajando a trabalho, o custo do combustível estava pensando no orçamento.


“Meu carro faz uma média de 11 quilômetros com gasolina, já com o GNV faz cerca de quatorze quilômetros”. Explica Danilo dizendo que ao usar apenas o GNV em seu veículo sua economia é de 60%. "Como vou pra longe, uso gasolina em parte da viagem, pois não encontro postos que fornecem GNV no percurso.”


Confira matéria:








Lidiane Cavalcante

Imagens: Natan Ferreira