Agrônomo se manifesta e pede prioridade aos homens e mulheres do campo na vacinação contra Covid-19



O Engenheiro Agrônomo, Júnior Gouveia, usou suas redes sociais na manhã deste domingo (30) para frisar que os profissionais da cadeia de produção de alimentos é um serviço essencial e não parou um dia sequer suas atividades durante a pandemia do Novo Coronavírus.


Ele destaca a importância e os riscos enfrentados pelo setor desde o início e se manifesta em favor da inclusão dos produtores rurais e demais envolvidos na cadeia de produção de alimentos entre os grupos prioritários de imunização contra o coronavírus.


Gouveia salienta a importância da produção de alimentos e da garantia de abastecimento à população pelo setor agropecuário, considerado como atividade essencial na pandemia pelo Decreto 10.282/2020, do Ministério da Agricultura.


Ele destaca também o enfrentamento dos riscos pelo setor. “Temos adotado as medidas preventivas com o uso de máscaras e aumentamos os hábitos de higiene, no entanto o setor não pode parar e todos profissionais, bem como os homens e mulheres do campo estão, de certa forma, expostos e suscetíveis a contaminação. Exatamente por estas razões precisam entrar, o mais rápido possível, no grupo prioritário para vacina contra Covid-19”, diz.


O agrônomo sonha com a garantia aos produtores rurais para que eles se mantenham produzindo e contribuindo efetivamente para o equilíbrio econômico e social do País, proporcionando segurança alimentar, gerando empregos e garantindo saldo positivo à nossa balança comercial. "Vacina para o Agro já", ressalta Júnior Gouveia.


Vídeo:




Mônia Ramos - Jornalista

Ascom -JR Tech

Comente e Compartilhe!