top of page

Acusado de matar professora em Petrolina vai a júri popular na próxima terça-feira (29);Veja o vídeo



Nilson Caxias, preso em setembro de 2020, em Simões Filho (BA) vai a júri popular acusado de assassinar a professora Mary Vânia Almeida em 1998, em Petrolina. A filha da vítima, que na época tinha 7 anos, presenciou todo o fato.


Em 2021 durante audiência de custódia, o acusado confessou o crime à juíza Elane Brandão. A vítima foi morta a facadas, dentro de casa, no Centro de Petrolina, no Sertão de Pernambuco.


Mesmo com toda a repercussão, o acusado levou uma vida normal ao longo desses 20 anos, o acusado constituiu família tem três filhos, casa própria e trabalhava com frete. O crime só não prescreveu, porque em 2014 o juiz suspendeu a prescrição até a prisão do suspeito.


Jéssica Paixinho, filha da vítima, deu entrevistas e publicou em suas redes sociais as notícias do caso à época e pede justiça por sua mãe. De acordo com ela, o acusado quer destacar a imagem de um senhor debilitado pela idade e doença perante o júri.


Veja o vídeo da reportagem da época do crime:



Ouça um trecho da entrevista de Jéssica no programa Super Manhã da Rádio Jornal com Waldiney Passos:




Com informações do Blog Waldiney Passos.

bottom of page