ACM Neto é ”candidato genérico” do PT, diz ex-aliado e pré-candidato, João Roma


Ex-ministro do Governo Bolsonaro. Foto: Ascom / João Roma

O ex-ministro da Cidadania, João Roma (PL), comentou, na manhã desta segunda-feira (16), sobre a candidatura do antigo aliado e adversário na disputa pelo governo da Bahia, ACM Neto (UB). Em entrevista à Rádio Salvador FM, o bolsonarista teceu duras críticas ao atual governo do estado e afirmou que o ex-prefeito de Salvador é um ”candidato genérico” do Partido dos Trabalhadores.


”Tem que ficar atento ao que está acontecendo. A Bahia certamente não está vivendo numa propaganda do PT. A Bahia certamente já está observando com clareza toda a realidade e a dificuldade que nós estamos enfrentando. Não adianta mudar seis por meia dúzia numa eleição como essa. De um lado você tem o candidato do PT Jerônimo Rodrigues, e, do outro lado, você tem um candidato genérico do PT, o ex-prefeito ACM Neto, que diz que o projeto do presidente Lula não é antagônico ao projeto dele”, pontuou Roma.


Em outro momento da entrevista, o deputado federal afirmou que ACM Neto não ficou contente ao vê-lo aceitando o convite do presidente Jair Bolsonaro (PL) para comandar o Ministério da Cidadania. ”Fica muito claro que, apesar de eu ter me dedicado 20 anos por ACM Neto, ele não ficou feliz com minha ascensão na política”, concluiu o ex-ministro.


Redação Cartaz da Cidade (s)