Policiais e viaturas terão aparelhos remotos de vigilância na Bahia



Nesta terça-feira (27), o Governo do Estado autorizou a instalação de 4.095 câmeras de vigilância nas 77 maiores cidades do estado. Os equipamentos serão conectados a uma tecnologia de ponta para combater a criminalidade.


Atualmente, câmaras inteligentes já fazem o reconhecimento automático de pessoas que estão foragidas da justiça, ou que estão sendo procuradas por familiares, assim que o rosto passa diante de uma das lentes. Carros roubados também são identificados no momento em que as câmeras registram as placas. Quando isso acontece, um alerta aparece na tela de um dos 23 Centros de Operações Policiais instalados na Bahia.


O que vai mudar a partir de agora é a logística. Antes, era preciso que um dos servidores que monitora o painel entrasse em contato com a viatura mais próxima e informasse as coordenadas do suspeito. Agora, os policiais militares terão um aparelho instalado nas viaturas que dará essas informações imediatamente para a guarnição que estiver mais próximo do local.


Segundo o governador Rui Costa, isso vai ajudar a diminuir o tempo de resposta para as ocorrências. Ele assinou a ordem de serviço para a implantação do sistema, nesta terça-feira, em um evento no Centro de Operações e Inteligência da Secretaria de Segurança Pública (SSP), no Centro Administrativo da Bahia (CAB).


“Esse contrato tecnológico vai colocar a Bahia na vanguarda do Brasil para monitoramento de cidades. Com isso, nós vamos melhorar muito a segurança pública fazendo prevenção aos crimes, e mesmo onde não seja possível a prevenção nós teremos a materialidade do delito para que aqueles atores possam ser condenados judicialmente. Entendo que a impunidade é o grande estímulo a perpetuação do crime”, afirmou.


Com informações em Correio 24 horas

Comente e Compartilhe!