Diretora presidente do SAAE explica sobre a utilização do Cal nos canais de Juazeiro

Atualizado: Jul 24


O Cartaz da Cidade procurou a assessoria de imprensa da Autarquia para informações sobre a utilização do Cal (CaO) nos canais e a qualidade da água no município


A Diretora Presidente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto - SAAE, Josilene Alixandre explicou para o Cartaz da Cidade a estratégia para a colocação do Cal (CaO) nos canais da cidade. A ação tem o objetivo de reduzir a quantidade de muriçocas e combater o mosquito Aedes Aegypti, responsável pelos casos de doenças no município, como dengue, zika e chikungunya. Nos últimos meses, já foram aplicadas 4,8 toneladas de hidróxido de cálcio, em mais de 7 km de riachos na cidade.


O Cartaz da Cidade ouviu alguns moradores que relataram uma possível alteração nas propriedades da água. Segundo eles, pode estar relacionado aos sintomas de vômito, diarreia e dores de cabeça, nos últimos dias.


Leia aqui: Moradores questionam qualidade da água para consumo em Juazeiro


De acordo com a diretora da Autarquia, o produto é liberado pelo Ministério da Saúde para ser usado tanto no tratamento da água potável, como no tratamento do efluente, que é o esgoto doméstico. "O Nosso produto o Cal (CaO) virgem é usado dentro do permitido pela Organização Mundial de Saúde ou pode causar danos na natureza. O SAAE tem o laboratório e temos essa responsabilidade com o meio ambiente. Todos os nossos produtos que vamos adicionar na água tratada e esgoto são analisados, e assim determinada a quantidade, dosada por litro e toda a concentração é feita e os cálculos nos laboratórios pra gente poder aplicar", informou Josilene Alixandre.


O Cartaz também ouviu a Laboratorista do SAAE, Geisa Dayanne Amorim. Ela informou que o óxido cálcio, Cal (CaO) é um produto biodegradável. "Tendo em vista, a colocação do produto nos canais de Juazeiro e o percurso do mesmo para a Estação de Esgoto durante esse processo ocorre a decomposição rápida não afetando o rio São Francisco, nem o meio ambiente, nem a saúde humana", enfatizou.


A laboratorista ainda destacou, que o Cal é utilizado no tratamento de efluentes domésticos e industriais para tratar material orgânico e o odor. E o Cal é utilizado no tratamento de água inclusive aqui em Juazeiro como em outras estações convencionais como a clarificação da água.


Iana Lima - Jornalista

Comente e Compartilhe!