2 mil hamsters serão sacrificados por conta de contaminação da Covid-19, em Hong Kong



Em Hong Kong, sudoeste da China, o governo mandou abater 2 mil hamsters nesta terça-feira (18), e alertou os donos de “pets” para não beijar os animais após um novo surto de casos de Covid-19 ser rastreado em um pet shop. O surto de casos da variante Delta em humanos ligados a um funcionário da loja levou à testagem de centenas de animais, com 11 hamsters recebendo o diagnóstico positivo.


Centenas de amostras foram coletadas de animais, incluindo coelhos e chinchilas, mas até agora apenas os hamsters testaram positivo para o coronavírus. Isso trouxe uma repressão a roedores de estimação em Hong Kong, governada pela China, que segue a política do continente de tolerância zero à Covid-19.




Da Redação Cartaz da Cidade

Com informações CNN

Comente e Compartilhe